Hercosul apoia espetáculo "É Proibido Miar", do WebChallenge #CHConecta

Atração estrea no canal do Youtube do CHC Santa Casa em 28 de maio, às 20h

Desde abril, o Centro Histórico Cultural Santa Casa, instituição ligada ao Hospital Santa Casa de Porto Alegre/RS, levou sua programação para dentro de suas plataformas digitais com o Webchallenge #CHConecta, a fim de cuidar da saúde também por meio da cultura em tempos de distanciamento social. Reconhecendo a importância da cultura e do entretenimento, a Hercosul está apoiando a ação com o espetáculo É Proibido Miar, que estreia no canal do YouTube do CHC no dia 28 de maio, às 20h.
Inspirada no livro homônimo de Pedro Bandeira, a produção narra a história de um cãozinho que miava como um gato. Com uma abordagem perfeita para encantar o universo infantil, trazendo inocência e descontração, a peça aborda também questões de diversidade ao abrir espaço para uma linguagem gestual e experimental, contando com audiodescrição e da Libras. Com direção de Denis Gosch, a atração evidencia o conceito de que a deficiência não está nas pessoas, mas no ambiente, na informação e na dificuldade de acolhimento para com a diversidade de seres e suas particularidades. A atração é de livre e gratuito acesso e fica disponível para visualização até 29 de maio.
Para alcançar ainda mais lares e deixar tudo mais interativo, espalhando a cultura e a diversão sem sair de casa, a Hercosul, em parceria com o CHC, desenvolveu uma dinâmica que instiga os internautas a fotografarem o momento em família junto de seus pets, enquanto assistem ao espetáculo, e compartilharem em suas redes sociais usando as hashtags #CHConectaHercosul e #BemEstarPetEHumano, marcando o perfil de um amigo para que possa assistir também.
FICHA TÉCNICA
Diretor: Denis Gosch
Elenco: Douglas Oliveira, Joana Amaral, Juliana Kersting e Larissa Sanguiné
Psicopedagoga especializada em educação para surdos: Joana Amaral
Audiodescritora: Mimi Aragón
Coordenadora Pedagógica: Patrícia Colin
Dramaturgia: Daniel Colin e Mimi Aragón
Trilha Sonora Original: Moysés Lopes e Alexandre Fritzen
Iluminação: Casemiro Azevedo
Captação e edição: Luiz Argimon
Produção: Juliana Kersting
Classificação Etária: Livre
Realização: M.A.cia – teatro, dança e assemelhados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *