Erliquiose felina – revisão de literatura

Resumo: A erliquiose é uma doença infecciosa transmitida por carrapatos, causada por uma bactéria da família Anaplasmataceae que pode infectar mamíferos. No Brasil, a erliquiose canina causada pela Ehrichia canis é considerada endêmica em algumas regiões, sendo a sua transmissão feita por meio de vetores, principalmente o Rhipicephalus sanguineus. Já no que se refere aos gatos, essa informação é pouco conhecida, pois faltam pesquisas, padronização de testes diagnósticos e conscientização dos médicos-veterinários sobre a importância da doença nessa espécie; contudo, sugere-se que o curso da enfermidade seja semelhante ao do cão. O presente trabalho tem como objetivo realizar uma revisão de literatura sobre a erliquiose felina, relatando a sua etiopatogenia, e os métodos de diagnóstico, tratamento e profilaxia dessa doença.

Unitermos: felinos, hematologia, doença infecciosa, zoonose

Abstract: Ehrlichiosis is a tick-borne infectious disease caused by a bacterium belonging to the Anaplasmataceae family that can infect mammals. In Brazil, canine ehrlichiosis is caused by Ehrlichia canis, and it is endemic in some regions. The bacterium is transmitted by vectors, and especially the Rhipicephalus sanguineus. In cats the disease process is less understood due to scarce research, and lack of standardization of diagnostic tests. Lack of awareness of veterinarians about the importance of the disease in cats is also a contributing factor to scarce information. The available information suggests that the course of the disease in cats is similar to that of the dog. In this article we present a literature review on feline ehrlichiosis describing etiopathogenesis, methods of diagnostic, treatment, and prophylaxis strategies.

Key words: feline, hematology, infectious disease, zoonosis

Resumen: La erliquiosis es una enfermedad infecciosa transmitida por garrapatas, causada por una bacteria de la familia Anaplasmataceae y que puede infectar a algunos mamíferos. En Brasil, la erliquiosis canina, causada por Ehrlichia canis y considerada endémica en algunas regiones es transmitida a través de vectores, principalmente el Riphicephalus sanguineus. En los gatos, esta información es poco conocida debido a la falta de investigaciones al respecto, así como también falta estandarizar algunas pruebas diagnósticas y la concientización de los veterinarios sobre la importancia de la enfermedad en esta especie. No obstante, se ha sugerido que la enfermedad en gatos pueda ser semejante a la de los perros. Este trabajo tuvo como objetivo realizar una revisión de la literatura relacionada con la erliquiosis felina, relatando su etiopatogenia, los métodos de diagnóstico, su tratamiento y profilaxis.

Palabras clave: felinos, hematología, enfermedad infecciosa, zoonosis

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *