Década das Nações Unidas da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030)

Laura Ippolito

Instituto Mar

@instutomar

contato@institutomar.org.br

 

Site das Nações Unidas para a Década da Ciência Oceânica com os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/

Em 2015, a Organização das Nações Unidas (ONU) lançou um plano de ação global de alcance e significado sem precedentes: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Além de buscar fortalecer a paz universal, é um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade – a agenda é formada por 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) direcionados a acabar com a pobreza e a fome em todos os lugares, combater desigualdades, construir sociedades pacíficas, justas e inclusivas, promover a igualdade de gênero e assegurar a proteção duradoura do planeta e de seus recursos naturais, sem deixar nada nem ninguém para trás.

A Agenda 2030 é uma grande jornada coletiva. Aceita por todos os países, leva em conta diferentes realidades nacionais, capacidades e níveis de desenvolvimento, respeita as políticas e prioridades de cada nação e reconhece que as medidas transformadoras são urgentemente necessárias para direcionar o mundo a um caminho sustentável e resiliente.

Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável no site do Jornal ONU News: https://news.un.org/pt/story/2017/12/1602672-onu-lanca-decada-da-ciencia-oceanica-para-o-desenvolvimento-sustentavel

Década da Ciência Oceânica (2021-2031)

Em 2017, a ONU apontou a urgência para com os oceanos e instituiu a Década da Ciência Oceânica (2021-2031), com foco no auxílio do ODS 14 – Vida na Água.

Também conhecida como Década do Oceano, a década de 2021-2030 tem a meta de mobilizar a comunidade científica, os legisladores, as empresas e a sociedade civil para um programa de pesquisa conjunta e inovação tecnológica, com o objetivo de melhorar a planificação e a gestão do espaço marítimo e dos recursos oceânicos e costeiros.

Década da Ciência Oceânica no site no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações http://decada.ciencianomar.mctic.gov.br/

É também uma grande oportunidade para valorizar os oceanos gerando parcerias, recursos e tecnologias que fortaleçam a cooperação internacional para o desenvolvimento das ciências, da educação e da cultura. A Década do Oceano visa alcançar sete resultados:

  • I. um oceano limpo;
  • II. um oceano saudável e resiliente;
  • III. um oceano previsível;
  • IV. um oceano seguro;
  • V. um oceano produtivo e explorado de modo sustentável;
  • VI. um oceano transparente (acessível aos dados coletados);
  • VII. um oceano conhecido e valorizado.

Para atingir “a ciência de que precisamos para o oceano que queremos”, a década vai apoiar as ações necessárias para alcançar os ODS, sendo uma oportunidade histórica para ações locais, regionais e globais.

Site do Instituto Mar http://www.institutomar.org.br/index.htm

A coordenação internacional da Década do Oceano é realizada pela Comissão Oceanográfica Intergovernamental da Unesco (COI-Unesco). No Brasil, o Plano Nacional para a Década do Oceano será coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

A proteção dos oceanos começa em terra: indústrias, organizações governamentais ou não, instituições científicas e a sociedade civil são atores-chave para essa transformação. Será uma oportunidade única para, por meio do conhecimento científico, embasar políticas públicas fortalecendo a gestão dos nossos oceanos e zonas costeiras em benefício da humanidade.

Para saber mais, acesse os qr codes abaixo:

Nações Unidas

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações

Onu News

Instituto Mar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *