Webinars Abinpet apresentam números do mercado e debatem indústria pet no Brasil

Apresentações começam em 10 de agosto, com números do setor e convidado da CNA – Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária

 

A Abinpet – Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação prepara uma série de webinars no segundo semestre do ano. Estão elencados temas de interesse para indústria, varejo e público consumidor, como os números do setor pet, mitos e verdades sobre a alimentação dos animais de estimação, boas práticas da indústria e o balanço do setor ao longo do ano.

Abrindo a programação, no dia 10 de agosto o presidente-executivo da entidade, José Edson Galvão de França participa do painel “Por trás dos números do setor pet”.

“Além de uma análise dos números que estão movimentando o mercado pet, vamos explorar também a evolução dos preços das matérias-primas entre 2020 e 2021. Apesar da alta do faturamento da indústria nesses últimos dois anos, algumas matérias-primas que compõem o pet food sofreram aumento de valor por conta, principalmente, da flutuação do dólar. Com isso, alguns dos ingredientes básicos do pet food, como farinhas de arroz e milho, de carne e ossos, tiveram seus preços aumentados de 40% até 160%. O resultado é que, apesar de os números apresentarem suposto crescimento, a indústria permanece estagnada, ou em retração”, comenta Galvão de França. Entre 2018 e 2019, a indústria obteve crescimento de 9,8% em faturamento. Já entre 2019 e o ano passado, o crescimento foi de 21,2%.

O representante da Abinpet fala junto de Fábio Carneiro, assessor técnico da Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas, da CNA – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil. Especialista em Agronegócio pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP). Carneiro atua em gerenciamento de projetos para o setor de grãos, assessoramento técnico de projetos de lei, interlocução entre entidades e representantes de outros setores.

O acesso às apresentações é gratuito, no canal de YouTube da entidade.
Para acessar, entre neste link:

www.youtube.com/watch?v=EINvXJp2fw8

Confira o calendário completo de webinars da Abinpet:

10/8 às 16h – Por trás dos números do setor pet
9/9 às 16h – Mitos e Verdades da Alimentação Pet
5/10 às 16h – Boas Práticas para a Indústria Pet
2/12 às 16h – Balanço 2021

Sempre às 16h

Sobre a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação

A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) representa uma indústria que congrega os segmentos pet food (alimento e ingredientes), pet vet (medicamentos veterinários) e pet care (equipamentos, acessórios e produtos para higiene e beleza). A entidade fortalece o setor por meio de ações que contribuem para o desenvolvimento de seus associados. Também atua para aumentar a percepção de que os benefícios da relação entre seres humanos e animais de estimação se estendem a toda a sociedade.

Além disso, é cada vez maior a participação desse setor na economia nacional e, por isso, é parte relevante do agronegócio: cerca de 73,9% do faturamento é proveniente dos produtos para nutrição animal, cuja composição é 95% agropecuária, com ingredientes como milho, soja, arroz, trigo e carnes de aves, bovinos e peixes.

Todos os produtos da indústria de alimentos e medicamentos veterinários são fiscalizados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), na Secretaria de Defesa Agropecuária (DIPOA e Vigiagro).

A Associação é referência técnica para o setor e publica há dez anos o Manual Pet Food Brasil, adotado pelas principais fabricantes de alimento como guia de boas práticas. O Manual contém informações sobre os padrões técnicos e de qualidade de matérias-primas, parâmetros nutricionais, metodologias analíticas aplicáveis e condições ideais de produção para garantir alimentos seguros aos mercados nacional e internacional. Sua atualização ocorre a cada dois anos, considerando o desenvolvimento do setor.

Fonte: Abinpet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *