Blockchain, bitcoin e computação descentralizada no contexto da medicina veterinária – parte 2

 

Marcelo Sader
Consultor em TI para o mercado veterinário
NetVet Tecnologia para Veterinários
www.netvet.com.br
marcelo@netvet.com.br

 

Na edição passada, a primeira parte deste artigo apresentou a tecnologia blockchain e as principais aplicações na área da saúde, ainda em seus estágios iniciais. A seguir, a continuidade dessa análise.

Informações confiáveis impactam o valor dos negócios

A falta de confiabilidade das informações sobre animais de alto valor de mercado, como cães e cavalos que participam de competições nacionais e internacionais, é um problema constatado com bastante frequência hoje em dia. O valor desses animais é determinado em grande parte pelo seu pedigree e pela história médica. Uma informação falsa pode ter grande influência na decisão de compra, envolvendo transações de alto valor. Aplicações baseadas na tecnologia blockchain poderiam ajudar a reduzir as chances de fraudes por meio da criação de registros imutáveis do histórico do animal. Documentos como prontuários clínicos, registros de pedigree e de exames laboratoriais seriam facilmente validados usando-se algoritmos matemáticos. Além disso, a rastreabilidade do sistema permitiria expor todos os elos da corrente de dados criada, tais como as entidades e os profissionais responsáveis pela autenticidade desses documentos, garantindo transparência ao processo.

Pensando em levantar fundos para ajudar animais em abrigos ao redor do mundo, a empresa Pawtocol (https://pawtocol.com/), com sede em Miami, criou uma solução baseada em um conceito ainda mais recente e inovador: non fungible token – NFT (token não fungível, em tradução livre). O NFT pode ser entendido como uma espécie de certificado digital, estabelecido via blockchain, que estabelece a originalidade e a exclusividade de bens digitais. Parece difícil de acreditar, mas algumas pessoas chegam a pagar somas milionárias por pequenas imagens digitais sem muita qualidade, apenas pelo fato de serem exclusivas. Segundo Karim Quazzani, diretor da Pawtocol, o objetivo é utilizar os NFTs como peças de arte que representem um animal de abrigo e negociá-los pela internet 2. “Embora existam muitos casos de uso de NFTs, como na arte digital e na música, não vimos nenhum caso relevante para a humanidade, como, por exemplo, salvar a vida de animais”, diz Quazzani.

Tecnologia ajuda a identificar bons profissionais 

A medicina veterinária é uma profissão que se mantém em alta há décadas. Mesmo em tempos de pandemia, o mercado pet tem mostrado sinais de crescimento. O número de faculdades cresce em taxas absurdas. Aproximadamente metade das faculdades de veterinária do planeta estão no Brasil. Os cursos de especialização se multiplicam em praticamente todas as áreas.

Mas como identificar bons profissionais em meio a essa enxurrada de oferta? A grande maioria dos empregadores se baseia em variáveis imprecisas, como currículo e indicação, e em muitos casos essas informações nem são verificadas.

A empresa VetBloom, sediada nos Estados Unidos e com atuação na formação de veterinários, desenvolveu uma parceria com a IBM para criar uma aplicação com uma abordagem inovadora para identificar, organizar, rastrear e compartilhar as habilidades e competências de sua força de trabalho. Segundo o médico-veterinário Patrick Welch, fundador e diretor da VetBloom (https://vetbloom.com/): “Uma solução baseada em blockchain pode transformar as interações entre todos os principais interessados, incluindo fornecedores de educação, estudantes, órgãos reguladores, associações e empregadores, fornecendo uma estrutura digital segura para compartilhar credenciais de aprendizagem validadas e pesquisáveis, competências e certificações” 3.

Ainda é cedo para afirmar se as tecnologias apresentadas acima serão implementadas de fato na rotina diária de médicos-veterinários, criadores ou tutores, mas o fato é que a computação descentralizada é uma realidade, e as soluções baseadas em blockchain estão forçando os profissionais do setor da saúde a saírem de sua zona de conforto.

Referências

1-Bitcoin: IBM Topics: O que   a tecnologia blockchain?. https://www.ibm.com/br-pt/topics/what-is-blockchain

2-Get Unique NFTs Help Animals. https://nft.pawtocol.com/

3-Growing the veterinary learning credential network with blockchain. https://www.ibm.com/blogs/blockchain/2020/09/growing-the-veterinarylearning-credential-network-with-blockchain/

 

Artigo publicado na revista Clínica Veterinária, Ano XXVI, n. 153, julho/agosto, 2021

https://www.revistaclinicaveterinaria.com.br/edicao/clinicavet/id=clinica-veterinaria,153,1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *